Coisas do Coração

“Direito de resposta” do boi

Posted in Coração by adilson borges on 22 de dezembro de 2009

 

Adilson Borges*

“Caro editor. Conquanto não tenha origem nesta sua prestimosa coluna, o tratamento a mim destinado na Conferência Climática de Copenhague merece minha pronta e indignada resposta bovina onde quer que esta reação seja possível.

 Começo por dizer que o resultadinho da COP15 não surpreende, mas frustra quem, como eu, touro quase velho, ainda ruminava esperanças no ser humano.

Foram duas semanas de trabalho, lazer e desperdício de saliva, energia e papel. E o que resultou? Mais intenções do que efetivos compromissos dos chefes de Estado – pobres bípedes – com o dia de amanhã.

 Como a querer mascarar a verdadeira inação, os convencionais encontraram nos de minha espécie um ….bode expiatório – e esta é a razão da minha repulsa.

Culparam-nos pelo efeito estufa, ou seja, permitam-me o coloquialismo, sobrou para mim, assim como sobrou para as vacas do Sol devoradas pelos companheiros do “solerte varão” na Odisseia de Homero.

 Não basta matar-nos e comer-nos quase impunemente – ainda bem que vez em quando nossa gordurosa picanha infarta algum glutão! Não basta ensinar aos infantes que da gente tudo se aproveita, carne, entranhas, osso, couro, chifre – são devastadores por natureza.

Não basta nos fazer de cavalo, sobretudo na lama, ou de gladiadores desarmados, na areia, contra toreros em busca de fama, dinheiro e recompensa sexual.

 Não basta ofender nossas mulheres com o epíteto de “vaca louca” e conspurcar-lhe o leite. Não basta engolir a carne ainda tenra dos nossos filhos, em sangrentos banquetes, e transformar-nos em invasores, como o fez J. J. Veiga em “A Hora dos Ruminantes”.

 Nada é bastante, caro editor. Querem o que não se pede nem ao mais cruel criminoso, na cadeia: que, num flagrante boicote às leis do corpo, sufoquemos o resultado da evaporação intestinal.

 Atenciosamente, Adolfo Arnaldo, o boi da cara preta”.

* Publicado na edição de 21.12.2009 no Jornal A TARDE, de Salvador-Bahia

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Adelzuita said, on 23 de dezembro de 2009 at 00:24

    Querido irmão:Já havia lido a sua crônica do “boi acusado” no jornal ATARDE, achei muito espirituosa e oportuna. Infelizmente a COP15 não atendeu às nossas expectativas.

    • adilson borges said, on 23 de dezembro de 2009 at 09:55

      Coitado do boi, querida irmã.
      Feliz Natal

  2. Damile said, on 3 de fevereiro de 2010 at 05:26

    Muito boa!
    E olha que tem gente por aí que quando libera gás metano nem boi aguenta! hehehehe
    Beijos!

  3. Silvio Ribas said, on 27 de fevereiro de 2010 at 01:55

    Meu filho,
    Sodadocê.
    Como cê tá?
    S.

    • adilson borges said, on 27 de fevereiro de 2010 at 04:38

      Estou bem, e sua presença, mesmo gráfica, me deixou melhor ainda. Como está o bebê?

      ________________________________ De: “comment-reply@wordpress.com” Para: adilsonborges@yahoo.com.br Enviadas: Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010 13:25:52 Assunto: Coisas [do Coração] Comentário: “Direito de resposta “do boi”


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: